ACESSE SUA ÁREA

Esqueceu a senha?

Araraquara, Terca-Feira, 11 de Dezembro de 2018

04/12/2018 | 20:23:09

Criatividade marca Feira do Empreendedorismo do Cebrac

O presidente da Câmara Municipal, Jéferson Yashuda Farmacêutico, foi um dos jurados do evento

Criatividade marca Feira do Empreendedorismo do Cebrac

Ideias originais e empreendedorismo deram o tom na tarde de sexta-feira (30) na antiga Estação Ferroviária de Araraquara, quando os alunos do curso de Administração do Centro Brasileiro de Cursos (Cebrac) expuseram as empresas que criaram na Feira Nacional do Empreendedorismo (FNE). O evento representou a etapa local da FNE. Todos os anos, os trabalhos expostos são julgados por uma comissão avaliadora, e o projeto vencedor participa da etapa nacional em Londrina (PR), no ano seguinte. A empresa vencedora de 2017 em Araraquara – a Recicla Tech, um aplicativo para solicitar a retirada de material reciclável em casa – venceu também a etapa nacional e está em vias de implantação na cidade, em parceria com a Prefeitura e a Cooperativa Acácia.

“Este é um dia muito especial para todos os alunos do Cebrac. Hoje, centenas de jovens como vocês estão tendo a oportunidade de mostrar o que estão aprendendo no Brasil todo”, declarou o gestor do Cebrac, Gustavo Henrique Sanchez. O vice-prefeito e secretário de Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Damiano Neto (Progressistas) acrescentou: “Vocês todos já são vencedores por estarem participando. Sairemos daqui com novas ideias e queremos incrementar ainda mais o trabalho de vocês”.

O presidente da Câmara Municipal, Jéferson Yashuda Farmacêutico (PSDB), observou que “é importante procurarmos sair da nossa zona de conforto, e nada melhor do que iniciativas inovadoras para isso. Os projetos que foram desenvolvidos são extremamente positivos, e o fato de uma ideia de Araraquara ter ganho em nível nacional no ano passado reflete o trabalho que é feito no nosso Município”. Yashuda foi um dos jurados da FNE, ao lado de José Janone Júnior (presidente da Associação Comercial e Industrial de Araraquara, Acia), Alexandre Freitas (coordenador -executivo de Educação Básica), Mary Carolina Grecco (Diretoria Regional de Ensino), Marcelo Paiva (diretor da Exitus RH) e Sergio Fornazari (Rede Droga Ven).

Nove empresas participaram da competição: Art Pop (galeria de arte de rua), Art Flower (flores artesanais), Flour Crick (insetos alimentares), Las Palomitas (pipocas com neon comestível), Bom Ritmo (pizza com karaokê), Hortaliza (e-commerce de produtos orgânicos), Escae Jeans (reaproveitamento de jeans), Doce Paladar (pães de queijo e cup cakes self-service) e Lady Job (aplicativo voltado para mercado de trabalho feminino).

A Recicla Tech, a vencedora local e nacional do ano passado, e a Easy Bus, a empresa que ganhou o primeiro lugar na etapa local da FNE de Jaú (SP) com um aplicativo de transporte público, também apresentaram seus trabalhos. Os participantes também ouviram palestras sobre empreendedorismo e start-ups. 

O empoderamento feminino foi o vencedor da FNE 2018 em Araraquara, com a empresa Lady Job, um aplicativo que conecta profissionais e clientes dos mais variados serviços, de publicidade a eletricidade, exclusivamente mulheres. A segunda colocada foi a Hortaliza e a terceira, Art Flower.

Empresas parceiras do Cebrac, como o Café Empreendedor, o Banco do Povo, o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), além do vereador Zé Luiz (Zé Macaco – PPS), da coordenadora de Trabalho e Economia Criativa e Solidária, Camila Capacle e do assessor de Políticas para a Juventude, Guilherme Floriano também marcaram presença no evento.

 

A FNE

A Feira Nacional do Empreendedorismo (FNE) é um evento sem fins lucrativos que tem como objetivo aperfeiçoar os conhecimentos adquiridos pelos alunos em sala de aula e nas Oficinas Empreendedoras, com foco na promoção e na disseminação de ideias de negócios relacionados ao empreendedorismo e à sustentabilidade. É o momento em que os alunos do Cebrac têm a oportunidade de estruturar e fazer a gestão de empresas fictícias, solucionar problemas, criar projetos, executar planejamentos, analisar o mercado, elaborar estratégias para comercialização de seus produtos ou serviços, entre outras demandas mercadológicas.

As empresas fictícias desenvolvidas pelos alunos podem ser de diferentes ramos, como comercial, industrial e de prestação de serviços, e abrangem temas como responsabilidade social, sustentabilidade e uso de tecnologias.

Visite a página do site FolhaCidade no Facebook

COMENTÁRIOS

Comentar

Máximo de caracteres: 200

|   Caracteres digitados:

Comentar

Para poder comentar, cadastre-se.

Se já for cadastrado, é só

FACEBOOK

Publicidade

Tl: (16) 3332-5307 / 99727-0985 (site)


(16) 3332-3626 / 99743-2822 (jornal)

contato@folhacidade.com.br

Copyright © 2005/2017 - folhacidade.net. Todos os Direitos são Reservados