ACESSE SUA ÁREA

Esqueceu a senha?

Araraquara, Domingo, 21 de Outubro de 2018

27/04/2018 | 00:14:02

Cultura abre inscrições para seleção de obras do Território da Arte

 Cultura abre inscrições para seleção de obras do Território da Arte

A curadora, Djaine Damiati, traz o tema “O território da arte - das trincheiras não se avistam horizontes” nesta 15ª edição do evento

Foto: Marilda Souza

Em sua 15ª edição, o Território da Arte de Araraquara – projeto de Artes Visuais realizado pela Secretaria Municipal da Cultura e Fundart – traz como tema “O território da arte - das trincheiras não se avistam horizontes”. O edital está disponível no site da Prefeitura e as inscrições devem ser realizadas no período de 25 de abril a 10 de maio.

A curadora do evento, Djaine Damiati, lembra que o objetivo do Território da Arte é a difusão da produção artística e de seus autores, assim como democratizar o acesso e potencializar as relações entre o público e a arte. Segundo ela, a proposta de realizar uma mostra sob a legenda “Território da Arte”, em tempos como os atuais, é uma tarefa que exige um importante exercício de reflexão, já que o contexto sócio-político-cultural nos obriga a repensar as noções de delimitação e de fronteira, tanto no sentido geopolítico quanto metaforicamente.

Para ela, a ideia de território, em si é complexa. "Criar um território da arte pode significar inúmeras coisas, entre elas, uma tentativa de circunscrevê-la. Mas as práticas no cotidiano podem nos dar um outro panorama, inclusive o de que a construção deste território também pode significar uma oportunidade para repensar os limites da arte e seu lugar, bem como o dos artistas, pesquisadores da arte, arte-educadores, agentes, produtores, instituições e público”. De acordo com a curadora, o XV Território da arte será concebido sob o entendimento de que é preciso ver o território da arte, não como uma propriedade que demanda a necessidade de proteção contra invasões ou possíveis ataques, mas como um lugar de pertencimento, expansível e multiplicável. 

 

Horizontes – Djaine explica que, nesta edição, o Território da Arte se organiza em três diferentes frentes, chamadas de “Horizontes”, da seguinte forma:

“Horizonte 1: Percursos Territoriais” - uma mostra coletiva que procura construir um diálogo a partir dos diferentes percursos realizados por artistas de Araraquara, com consolidada pesquisa artístico-conceitual. Os artistas convidados são: Sueli Ferrer, Lauro Monteiro, Carlos Rezende e Euzânia Andrade.

Já em “Horizonte 2:  Olhar Além” serão apresentadas as obras selecionadas por meio do edital, expostas em diversos espaços da cidade. Segundo Djaine, "a proposta é uma mostra bastante diversificada de trabalhos de diferentes modalidades e formatos, construída a partir de uma provocação aos artistas com diferentes referenciais e formações, acerca da existência de um suposto território da arte e sua natureza."

Por fim, em “Horizonte 3: Horizontes Desdobrados” será promovida uma ocupação da Casa da Cultura Luís Antonio Martinez Corrêa com trabalhos e registros de trabalhos já realizados que, de alguma forma, procuraram amplificar o horizonte visualizável num dado contexto social, cultural ou político. Serão convidados artistas que desenvolvem ou desenvolveram projetos no sentido de buscar novos horizontes para aquilo que se entendia como território da arte num dado momento. Esta mostra será complementada por palestras, workshops e outras atividades formativas.

 

Seleção - O XV Território da Arte irá selecionar projetos de Artes Visuais, obras ou conjunto de obras, projetos de ocupação e residência artística de artistas brasileiros ou estrangeiros residentes no país, que se relacionem com o eixo das artes visuais e dialoguem com o tema proposto.

Diversas opções artísticas podem ser entendidas como um “projeto de Artes Visuais, obra ou conjunto de obras, projeto de ocupação e residência artística”, como: pintura, escultura, desenho, gravura, serigrafia, colagem, assemblage, readymade ou instalação, fotografia, videoarte e suas derivações, instalação interativa, performance, intervenção urbana, intervenção arquitetônica, landart, art based research, arte digital e outras visualidades possíveis nas interfaces das Artes Visuais com outras linguagens.

De acordo com Djaine, os critérios utilizados para a seleção das obras irão levar em consideração: qualidade artística, adequação ao tema proposto, originalidade, compatibilidade com as condições técnicas e espaciais disponíveis, estar em diálogo com a proposta conceitual da mostra, e fazer parte do escopo das Artes Visuais em sua amplitude conceitual.

O XV Território da Arte oferece como ajuda de custo, o valor único de R$ 2.000,00 para cada projeto ou obra selecionada. As inscrições deverão ser feitas pessoalmente na Casa da Cultura Luís Antonio Martinez Corrêa ou pelo Correio (Rua São Bento, 909 – Araraquara–SP / CEP 14801-300). O atendimento é realizado das 9h às 20 horas, de segunda a sexta-feira.

As informações completas podem ser conferidas no edital, que está disponível no site da Prefeitura de Araraquara (www.araraquara.sp.gov.br), na página principal, em Editais da Cultura. Vale lembrar que o XV Território da Arte terá sua abertura realizada no próximo 30 de maio, no Palacete das Rosas, com uma mesa redonda com os artistas da mostra “Horizonte 1: Percursos Territoriais”.

 

SERVIÇO

Inscrições abertas para o 15º Território da Arte de Araraquara

Inscrições: 25 de abril a 10 de maio

Local: Casa da Cultura Luís Antonio Martinez Corrêa (Rua São Bento, 909 – Araraquara) ou pelo Correio

Edital completo disponível: www.araraquara.sp.gov.br (na página principal em “Editais da Cultura”)

Visite a página do site FolhaCidade no Facebook

COMENTÁRIOS

Comentar

Máximo de caracteres: 200

|   Caracteres digitados:

Comentar

Para poder comentar, cadastre-se.

Se já for cadastrado, é só

Publicidade

FACEBOOK

Publicidade

Tl: (16) 3332-5307 / 99727-0985 (site)


(16) 3332-3626 / 99743-2822 (jornal)

contato@folhacidade.com.br

Copyright © 2005/2017 - folhacidade.net. Todos os Direitos são Reservados