ACESSE SUA ÁREA

Esqueceu a senha?

Araraquara, Sexta-Feira, 17 de Agosto de 2018

10/05/2018 | 14:03:17

Lei que sensibiliza a sociedade sobre perdas gestacionais e neonatais é aprovada na Câmara

Lei de autoria do vereador Elton Negrini foi formulada após reuniões com o grupo Transformação, composto por mães que passaram pela perda

Lei que sensibiliza a sociedade sobre perdas gestacionais e neonatais é aprovada na Câmara

Foi aprovado na 62ª Sessão Ordinária da terça-feira (8), o projeto de lei, apresentado pelo vereador Elton Negrini (PSDB), que institui no Calendário Oficial de Eventos do Município de Araraquara: a Semana de Sensibilização as Perdas Gestacionais e Neonatais. A data deve ser comemorada anualmente em outubro, na semana que compreende o dia 15.

A lei tem como objetivo dar visibilidade à problemática da Perda Gestacional e Neonatal; lutar por respeito ao luto de mães e pais que passam por essa experiência; dignificar o sofrimento e dar voz às famílias; e contribuir com a sensibilização do tema disseminando informações, quebrando o silêncio e diminuindo o tabu.

“É merecida e justa a semana de sensibilização, uma vez que a perda gestacional e neonatal são fenômenos mais comuns do que se possa imaginar. Estima-se que a prevalência da perda gestacional varia entre 15 a 20% das gestações clinicamente diagnosticadas, atingindo até a 30% das gestações com diagnóstico bioquímico”, ressaltou o vereador autor da lei.

Perla Cristina Frangioti Machado, mãe que passou por perda neonatal, procurou Negrini há alguns meses, com o grupo Transformação, para falar sobre a luta dessas mães em serem reconhecidas como tal. Ela ocupou a tribuna na 62ª Sessão Ordinária para ressaltar a importância da data no calendário municipal. “Quando um ente querido morre, a gente fala que está em luto. Porém o luto de um bebê de poucas semanas ou um bebê que nasceu sem vida, ele não é reconhecido. A sociedade falha em reconhecer que somos mães, pais, irmãos, avós desse bebê que infelizmente não pôde conviver com o restante da sociedade.”

O parlamentar frisa que os recursos necessários para atender as despesas com a execução da lei serão obtidos mediante doações e campanhas, não acarretando ônus para o Município.

Visite a página do site FolhaCidade no Facebook

COMENTÁRIOS

Comentar

Máximo de caracteres: 200

|   Caracteres digitados:

Comentar

Para poder comentar, cadastre-se.

Se já for cadastrado, é só

Publicidade

FACEBOOK

Publicidade

Tl: (16) 3332-5307 / 99727-0985 (site)


(16) 3332-3626 / 99743-2822 (jornal)

contato@folhacidade.com.br

Copyright © 2005/2017 - folhacidade.net. Todos os Direitos são Reservados