ACESSE SUA ÁREA

Esqueceu a senha?

Araraquara, Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2020

29/05/2019 | 02:35:57

População tem que procurar saúde e vacinar contra gripe

Em Araraquara, campanha que termina nesta sexta-feira, dia 31, só atingiu 50% dos grupos de risco; meta é atingir 90%

População tem que procurar saúde e vacinar contra gripe

Há menos de uma semana do fim da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, ou Gripe, Araraquara atingiu apenas 50% de imunização dos grupos de risco. Na cidade, a campanha teve início em 10 de abril e vai até esta sexta-feira, 31 de maio. 

Este percentual está distante da meta proposta pela Secretaria Municipal de Saúde, que é atingir até 90% das pessoas que compõem os grupos de risco no município, conforme também preconiza o Ministério da Saúde em todo o País. 

Na segunda-feira (27), em entrevista ao programa ‘Canal Direto com a Prefeitura’ - vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 18h30, via página do Facebook da Prefeitura -, a gerente da Vigilância Epidemiológica (ligada à Secretaria Municipal de Saúde), Mariana Câmara, reiterou a importância da imunização. 

“É uma vacina importante, extremamente segura, porque protege três tipos de vírus de Influenza que provocam internações e até óbitos. São vírus isolados no semestre anterior de cada ano para estudos, por exemplo, porque provocam tantas internações ou mortes”, explica a enfermeira.

 

Prioridade 

Mariana Câmara repetiu os grupos de risco que precisam ser vacinados a cada ano: crianças de seis meses a seis anos de idade, gestantes, puérperas (mães que tiveram bebê no mínimo há 45 dias), trabalhadores da saúde, professores, militares, idosos e pessoas com doenças crônicas, como diabetes, hipertensão, doença renal ou hepática, etc. 

A documentação exigida para imunizar a criança, por exemplo, é a carteirinha de vacinação; o professor, o crachá; o militar, profissional de saúde, ou idoso, uma carteira de identidade; o doente crônico, uma receita ou declaração do médico. 

Até a sexta-feira (31), a vacina será aplicada de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 15h30, em toda a rede municipal de Saúde de Araraquara, que contabiliza 33 postos. A relação dos postos pode ser encontrada no site da Prefeitura (www.araraquara.sp.gov.br), a partir do Menu da capa que disponibiliza a Secretaria de Saúde.

A programação é composta pelos grupos Quinteto Bachiana, Fogueira dasRosas e Duo Abumrad Reis, que trazem aos palcos toda a diversidadepresente no gênero musical proposto. Os concertos são gratuitos e acontecem
entre os dias 30 de maio e 1º de junho.Fotos: http://bit.ly/2WogrIg
São Paulo, maio de 2019 – A primeira temporada da Mostra SESI-SPde Música Erudita, que em 2019 também acontecerá no segundo semestre,propõe levar ao público de São Paulo toda a beleza e sonoridade da polifoniacaracterística do gênero, desde sua forma mais pura e tradicional até as fasesmais difundidas entre o grande público, com misturas harmoniosas de ritmospopulares brasileiros, e até revolucionários. O SESI Araraquara é uma das 15unidades agraciadas com apresentações, recebendo em seu palco o QuintetoBachiana, Fogueira das Rosas e Duo Abumrad Reis. Os concertos acontecementre os dias 30 e 31 de maio, quinta e sexta-feira às 20h, e no dia 1º de junho,sábado às 20h. Os ingressos são gratuitos, com reservas feitas pelo sistemaMeu SESI www.sesisp.org.br/meu-sesi.A Mostra de Música Erudita é um dos projetos de curadoria do SESI-SP, instituição que promove ao público o acesso gratuito às mais diversasexpressões artísticas, visando formar e fidelizar um amplo número deespectadores e admiradores de diferentes vertentes musicais, democratizandoo erudito.“Falar de música erudita é falar de um estilo musical que foi executadodistante dos ouvidos do grande público, durante um longo período de tempo.Era uma música feita pela e para a elite. Entretanto, com o passar dos anos, oscompositores procuraram aproximar a música erudita do que era a músicapopular. A tentativa não era tornar semelhante os dois gêneros, mas simdiminuir as divisões e ampliar o repertório e a escuta de todos. A Mostra deMúsica Erudita, programada pelo SESI-SP, tem objetivos semelhantes a esse:
trazer ao grande público e com livre acesso uma temática que amplia apercepção sonora, assim como o repertório artístico”, declara MarianaApolinário, Analista de Atividades Culturais da área de Música do SESI-SP.Complementando as apresentações de peso cultural incalculável, oSESI-SP também promove um bate-papo entre grupos e público. A proposta édialogar sobre as diversas singularidades do gênero erudito, desde o processopara composição, até contextualizar o ritmo e revelar fatos sobre cada uma dasobras, tornando a popularização do erudito um processo que vai muito além doouvir, mas acompanhar e entender também.Serão 75 apresentações completamente gratuitas em 15 unidades doSESI. Cada uma contará com shows de três séries distintas, todas exaltando adiversidade, importância da popularização, mescla com ritmos brasileiros eevolução do gênero e traçando também paralelos com a história da música.Serão 19 grupos renomados, como o Duo Abumrad Reis, que traz um conceitorico, mostrando a herança cultural, afetiva e étnica da sonoridade africanapresente na formação primordial da música brasileira.A série Caminhos e Contrastes tem o intuito de mostrar,panoramicamente, a interferência do popular no “intocável” erudito. Commisturas na configuração do previamente visto como imaculado gênero,transformando e tornando democrático o classicismo musical das elites, efeitobastante promovido pelo gênio Villa-Lobos, falecido há 60 anos.Enquanto os concertos de Mulheres na Música ressaltam a importânciahistórica e o pioneirismo, levando aos palcos a luta daquelas que desbravaramum gênero musical originalmente dominado por homens. As apresentaçõesmarcam presença com vozes e instrumentos, sobrepondo à cacofonia de quemnão enxerga a importância da presença feminina no erudito.Por fim, A Diversidade Brasileira busca mostrar as sobreposições quederam origem à música produzida no Brasil. Fala-se da variedade sonora dospovos que constituíram o país, assim como sobre a harmoniosa miscelâneamusical das diversas regiões.
A programação completa pode ser consultada no sitesesisp.org.br/cultura/mostra-sesi-sp-de-musica-erudita.
Mostra SESI-SP de Música Erudita
A beleza da música erudita vai além da sua polifonia majestosa,envolvente, da sonoridade de seus acordes e harmonias sublimes. Existebeleza também nas histórias que cercam o surgimento das obras e seuscompositores.
A programação, este ano dividida entre os dois semestres, conta comuma ação integrada de formação de público para música erudita: além dasapresentações, é realizado um bate-papo entre os espectadores e o grupo demúsica sobre processo de composição, repertório, estilo, período histórico einstrumentação. As atrações diversificadas mesclam várias vertentes eruditas,do tradicional às diferentes formações instrumentais da música de concerto.
SERVIÇOIV Mostra SESI-SP de Música EruditaLocal: SESI Araraquara – Av. Octaviano de Arruda Campos, 686Datas e horários: 30 e 31 de maio, quinta e sexta, às 20h, 1º de junho,sábado, às 20hCapacidade: 144 lugares 4 para cadeirantesClassificação indicativa: LivreGênero: Música EruditaInformações: 3305-2500Entrada gratuita – Reservas antecipadas pelo Meu SESI(www.sesisp.org.br/meu-sesi). Os ingressos serão distribuídos 30 minutosantes do início do espetáculo.A programação é composta pelos grupos Quinteto Bachiana, Fogueira dasRosas e Duo Abumrad Reis, que trazem aos palcos toda a diversidadepresente no gênero musical proposto. Os concertos são gratuitos e acontecem
entre os dias 30 de maio e 1º de junho.Fotos: http://bit.ly/2WogrIg
São Paulo, maio de 2019 – A primeira temporada da Mostra SESI-SPde Música Erudita, que em 2019 também acontecerá no segundo semestre,propõe levar ao público de São Paulo toda a beleza e sonoridade da polifoniacaracterística do gênero, desde sua forma mais pura e tradicional até as fasesmais difundidas entre o grande público, com misturas harmoniosas de ritmospopulares brasileiros, e até revolucionários. O SESI Araraquara é uma das 15unidades agraciadas com apresentações, recebendo em seu palco o QuintetoBachiana, Fogueira das Rosas e Duo Abumrad Reis. Os concertos acontecementre os dias 30 e 31 de maio, quinta e sexta-feira às 20h, e no dia 1º de junho,sábado às 20h. Os ingressos são gratuitos, com reservas feitas pelo sistemaMeu SESI www.sesisp.org.br/meu-sesi.A Mostra de Música Erudita é um dos projetos de curadoria do SESI-SP, instituição que promove ao público o acesso gratuito às mais diversasexpressões artísticas, visando formar e fidelizar um amplo número deespectadores e admiradores de diferentes vertentes musicais, democratizandoo erudito.“Falar de música erudita é falar de um estilo musical que foi executadodistante dos ouvidos do grande público, durante um longo período de tempo.Era uma música feita pela e para a elite. Entretanto, com o passar dos anos, oscompositores procuraram aproximar a música erudita do que era a músicapopular. A tentativa não era tornar semelhante os dois gêneros, mas simdiminuir as divisões e ampliar o repertório e a escuta de todos. A Mostra deMúsica Erudita, programada pelo SESI-SP, tem objetivos semelhantes a esse:
trazer ao grande público e com livre acesso uma temática que amplia apercepção sonora, assim como o repertório artístico”, declara MarianaApolinário, Analista de Atividades Culturais da área de Música do SESI-SP.Complementando as apresentações de peso cultural incalculável, oSESI-SP também promove um bate-papo entre grupos e público. A proposta édialogar sobre as diversas singularidades do gênero erudito, desde o processopara composição, até contextualizar o ritmo e revelar fatos sobre cada uma dasobras, tornando a popularização do erudito um processo que vai muito além doouvir, mas acompanhar e entender também.Serão 75 apresentações completamente gratuitas em 15 unidades doSESI. Cada uma contará com shows de três séries distintas, todas exaltando adiversidade, importância da popularização, mescla com ritmos brasileiros eevolução do gênero e traçando também paralelos com a história da música.Serão 19 grupos renomados, como o Duo Abumrad Reis, que traz um conceitorico, mostrando a herança cultural, afetiva e étnica da sonoridade africanapresente na formação primordial da música brasileira.A série Caminhos e Contrastes tem o intuito de mostrar,panoramicamente, a interferência do popular no “intocável” erudito. Commisturas na configuração do previamente visto como imaculado gênero,transformando e tornando democrático o classicismo musical das elites, efeitobastante promovido pelo gênio Villa-Lobos, falecido há 60 anos.Enquanto os concertos de Mulheres na Música ressaltam a importânciahistórica e o pioneirismo, levando aos palcos a luta daquelas que desbravaramum gênero musical originalmente dominado por homens. As apresentaçõesmarcam presença com vozes e instrumentos, sobrepondo à cacofonia de quemnão enxerga a importância da presença feminina no erudito.Por fim, A Diversidade Brasileira busca mostrar as sobreposições quederam origem à música produzida no Brasil. Fala-se da variedade sonora dospovos que constituíram o país, assim como sobre a harmoniosa miscelâneamusical das diversas regiões.
A programação completa pode ser consultada no sitesesisp.org.br/cultura/mostra-sesi-sp-de-musica-erudita.
Mostra SESI-SP de Música Erudita
A beleza da música erudita vai além da sua polifonia majestosa,envolvente, da sonoridade de seus acordes e harmonias sublimes. Existebeleza também nas histórias que cercam o surgimento das obras e seuscompositores.
A programação, este ano dividida entre os dois semestres, conta comuma ação integrada de formação de público para música erudita: além dasapresentações, é realizado um bate-papo entre os espectadores e o grupo demúsica sobre processo de composição, repertório, estilo, período histórico einstrumentação. As atrações diversificadas mesclam várias vertentes eruditas,do tradicional às diferentes formações instrumentais da música de concerto.
SERVIÇOIV Mostra SESI-SP de Música EruditaLocal: SESI Araraquara – Av. Octaviano de Arruda Campos, 686Datas e horários: 30 e 31 de maio, quinta e sexta, às 20h, 1º de junho,sábado, às 20hCapacidade: 144 lugares 4 para cadeirantesClassificação indicativa: LivreGênero: Música EruditaInformações: 3305-2500Entrada gratuita – Reservas antecipadas pelo Meu SESI(www.sesisp.org.br/meu-sesi). Os ingressos serão distribuídos 30 minutosantes do início do espetáculo.

Visite a página do site FolhaCidade no Facebook

COMENTÁRIOS

Comentar

Máximo de caracteres: 200

|   Caracteres digitados:

Comentar

Para poder comentar, cadastre-se.

Se j?for cadastrado, ?s?

FACEBOOK

Publicidade

Tl: (16) 3332-5307 / 99727-0985 (site)


(16) 3332-3626 / 99743-2822 (jornal)

contato@folhacidade.com.br

Copyright © 2005/2017 - folhacidade.net. Todos os Direitos são Reservados